Junta militar de Mianmar executa ataques aéreos em escolas de grupos étnicos

Duas escolas em Mianmar foram atingidas por ataques aéreos realizados pela junta militar em sua luta contra grupos étnicos armados.

Um comunicado divulgado por um dos grupos étnicos diz que os ataques aéreos ocorridos na segunda-feira, no estado de Kayah, na região leste do país, tiveram como alvo duas aldeias. Várias crianças estavam entre os mortos.

Um vídeo mostra prédios danificados na vila de Loi Nan Hpa, incluindo uma escola. Um homem idoso morreu no ataque.

Um ataque aéreo em outra escola de uma cidade próxima matou 4 estudantes e deixou, no mínimo, 14 feridos.

Os militares tomaram o poder em um golpe de estado dado em fevereiro de 2021. Desde outubro do ano passado, grupos étnicos armados e forças pró-democracia intensificaram sua ofensiva e tomaram o controle de várias cidades e postos militares.

Em resposta, os militares lançaram mais ataques aéreos, resultando em muitas mortes de civis, incluindo crianças e mulheres.