Empresas japonesas estão preocupadas com aumento em custos de transporte no Mar Vermelho

Grandes tradings do Japão estão cada vez mais preocupadas com o aumento dos custos de transporte causado por recentes ataques do grupo de rebeldes houthis, do Iêmen, a navios que cruzam o Mar Vermelho.

Segundo a Sumitomo Corporation, os custos podem aumentar caso a rota do Mar Vermelho tenha de ser evitada e navios passem a contornar o Cabo da Boa Esperança, na África do Sul, para realizar o transporte de materiais feitos em aço e produtos químicos da Ásia para a Europa. A empresa começou a fazer alguns pedidos antes do previsto, devido ao tempo mais longo do trajeto, e está considerando também efetuar o transporte aéreo de alguns produtos.

O CFO da empresa, Morooka Reiji, declarou em uma entrevista coletiva concedida online, na segunda-feira, que a cadeia de suprimentos da empresa para a Europa é limitada, mas que pretende cooperar com clientes e fornecedores para garantir que a situação não tenha um efeito negativo nos negócios da empresa.

A Toyota Tsusho Corporation também manifestou preocupação com o aumento dos custos causado pela necessidade de buscar rotas alternativas para o envio de autopeças às suas bases de produção em países vizinhos da Turquia. A empresa acrescentou que qualquer aumento nas tarifas de navios na África e em outros locais poderá afetar seus negócios até o final do ano fiscal de 2024.