Número de mortos em Gaza ultrapassa 25.000

As autoridades de saúde em Gaza afirmam que o número de mortes confirmadas no enclave palestino superou os 25.000 desde o início do conflito entre Israel e o Hamas.

Em uma tentativa de destruir o Hamas, os militares israelenses continuam com ataques aéreos e ofensivas terrestres na cidade de Khan Younis, no sul, e em outros lugares de Gaza.

As autoridades de saúde disseram em um comunicado no domingo que 178 pessoas foram mortas nas últimas 24 horas, elevando o número total de mortos para 25.105.

O grupo de ajuda internacional Save the Children diz que mais de 10.000 das vítimas eram crianças, com base em dados das autoridades de Gaza.

Diante do aumento das vítimas civis, os Estados Unidos e os países árabes dizem que Israel e a Palestina devem alcançar a paz por meio de uma solução de dois estados.

No entanto, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse nas redes sociais no sábado que “não abrirá mão do controle total de Israel” sobre Gaza. Ele disse: “Isso é contrário a um estado palestino”.

Alguns israelenses se opõem à sua postura de linha-dura. Milhares de pessoas se reuniram no centro de Tel Aviv no sábado, exigindo que seu governo renuncie para se realizar uma eleição.